She’s Lost Control – Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979




imagem She’s Lost Control - Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979
She’s Lost Control - Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979

 She’s Lost Control – Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979

She’s Lost Control – Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979: a música sobre falta de controle pode ter um lirismo ou poesia para muitos, no entanto pode não ser tão doce o real sentido. A música sobre uma garota que perdeu o controle, pode ter uma direta relação com a epilepsia. Pode ser uma relação direta com um ataque epilético de Corinne Lewis, cliente da agência de empregos que Ian Curtis trabalhava. O vocalista da banda, Ian Curtis, também sofria desse transtorno.

 

Joy Division. Unknown Pleasures

00

 

 She’s Lost Control – Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979

She’s Lost Control – Joy Division, álbum Unknown Pleasures de 1979 é uma das músicas mais conhecidas e tocadas da banda. No vídeo a seguir a versão de estúdio.

 

 

Joy Division. Unknown Pleasures

00

 

She’s Lost Control

Confusion in her eyes that says it all
She’s lost control
And she’s clinging to the nearest passer by
She’s lost control
And she gave away the secrets of her past
And said I’ve lost control again
And of a voice that told her when and where to act
She said I’ve lost control again

And she turned around and took me by the hand
And said I’ve lost control again
And how I’ll never know just why or understand
She said I’ve lost control again
And she screamed out, kicking on her side
And said I’ve lost control again
And seized up on the floor, I thought she’d die
She said I’ve lost control

She’s lost control again
She’s lost control
She’s lost control again
She’s lost control

Well I had to phone her friend to state her case
And say she’s lost control again
And she showed up all the errors and mistakes
And said I’ve lost control again
But she expressed herself in many different ways
Until she lost control again
And walked upon the edge of no escape and laughed
I’ve lost control

She’s Lost Control again
She’s lost control
She’s Lost Control again
She’s lost control

 

I could live a little better with the myths and the lies
When the darkness broke in, I just broke down and cried
I could live a little in a wider line
When the change is gone, when the urge is gone
To lose control When here we come

Joy Division. Unknown Pleasures

00

Ela Perdeu o Controle

Confusão em seus olhos que dizem tudo
Ela perdeu o controle
E ela está se agarrando ao pedestre mais próximo
Ela perdeu o controle
E ela revelou os segredos de seu passado
E disse: Eu perdi o controle de novo
E de uma voz que disse a ela quando e onde agir
Ela disse: Eu perdi o controle de novo”

 

E ela virou para mim e me pegou pela mão
E disse: Perdi o controle de novo”
E como eu nunca saberei bem por que ou entender
Ela disse: Perdi o controle de novo”
E ela gritou, esperneando
E disse: Perdi o controle de novo”
E caiu no chão, pensei que ela fosse morrer
Ela disse: Perdi o controle de novo”

 

Ela perdeu o controle de novo
Ela perdeu o controle
Ela perdeu o controle de novo
Ela perdeu o controle

 

Bem, tive de telefonar a um amigo dela para dar conta de seu caso
E dizer: ela perdeu controle de novo
E ela mostrou todos os erros e enganos
E disse: perdi o controle de novo
Mas ela se expressou de muitas maneiras diferentes
Até que ela perdeu o controle de novo
E caminhou sobre a borda inescapável e riu
Eu perdi o controle

 

Ela perdeu o controle de novo
Ela perdeu o controle
Ela perdeu o controle de novo
Ela perdeu o controle

 

Eu poderia viver um pouco melhor com os mitos e as mentiras
Quando a escuridão rompeu, apenas desabei e chorei
Eu poderia viver um pouco em um limite maior
Quando a mudança se foi, quando o impulso se foi
Para perder o controle quando aqui chegamos

Livro: Joy Division. Unknown Pleasures

Para quem curte a banda de apenas dois álbuns a leitura do livro Joy Division. Unknown Pleasures é uma boa escolha. Nele o leitor irá poder se inteira um pouco mais de um dos álbuns mais significativos do século passado, tudo pelo olhar de um dos fundadores da banda Joy Division. O livro é vendido pela Amazon pelo menor preço do mercado. Confira!

 

O Joy Division, desde que surgiu em 1976, mudou a cara da música. Padrinhos da atual cena alternativa, a banda reinventou o rock na era pós-punk, criando um som novo que iria influenciar artistas como U2, Morrissey, R.E.M., Radiohead e muitos outros ao redor do mundo. Este livro conta como foi a montanha-russa da história do Joy Division – as amizades e desavenças da banda, as brigas, os rompimentos; os ensaios, os shows e os personagens notáveis que constituíram uma parte vital da lenda por trás da banda -, aos olhos do seu lendário baixista, Peter Hook. Esta edição vem com uma mensagem/autógrafo do autor destinado especialmente aos fãs brasileiros. “Um monte de gente acha que sabe o que aconteceu. Mas não sabe! quem quer que já tenha escrito um livro ou feito um filme sobre o Joy Division, a menos que tenha se sentado naquela van ou no carro conosco, não sabe de nada. Eu, Barney, Steve, Ian, Rob, Twinny, Terry e Dave. Só nós sabemos o que aconteceu de verdade” – Peter Hook, fundador do Joy Division e ex-baixista do New Order.

 

 

 

Especial Joy Division

  1. Desolação humana como tema
  2. Ian Curtis e o Joy Division
  3. Love Will Tear Us Apart – Música pesada, dançante, sombria
  4. Unknown Pleasures – álbum de estreia da banda Joy Division

Joy Division – Love Will Tear Us Apart

 

início: 1976
integrantes: Ian Curtis (voz), Peter Hook (baixo), Bernard Sumner (guitarra) e Stephen Morris (bateria)
gênero: pós-punk, rock gótico
principais influências: rock experimental, proto-punk, rock e punk de Velvet Underground, Iggy Pop, Sex Pistols, David Bowie, The Doors e Lou Reed
álbum essencial: Unknown Pleasures (1979)
fim: 1980

 

Tocando a Distância. Ian Curtis e Joy Division




About Equipe Café na Vila 187 Articles
Equipe de divulgação da cafeteria Café na Vila.

Be the first to comment

Deixe uma resposta