Joy Division Disorder ♪ Feeling, feeling, feeling, feeling…

imagem Joy Division Disorder ♪ Feeling, feeling, feeling, feeling...
Joy Division Disorder ♪ Feeling, feeling, feeling, feeling...

Feeling, feeling, feeling, feeling…

Joy Division Disorder ♪ Feeling, feeling, feeling, feeling…

A primeira música do primeiro álbum da banda britânica Joy Division continua atual e firmando o posicionamento denso e dramático do grupo. A letra é própria para o som pesado e exposto em uma banda pós-punk que permanece influenciando inúmeras bandas.

 

Joy Division. Unknown Pleasures

00

 

Joy Division Disorder

Joy Division Disorder ♪ Feeling, feeling, feeling, feeling…

 

Letra: Disorder Joy Division

I’ve been waiting for a guide to come and take me by the hand
Could these sensations make me feel the pleasures of a normal man?
These sensations barely interest me for another day
I’ve got the spirit, lose the feeling, take the shock away

It’s getting faster, moving faster now, it’s getting out of hand
On the tenth floor, down the back stairs, it’s a no mans land
Lights are flashing, cars are crashing, getting frequent now
I’ve got the spirit, lose the feeling, let it out somehow

What means to you, what means to me, and we will meet again
I’m watching you, I’m watching her, I’ll take no pity from you friends
Who is right, who can tell, and who gives a damn right now
Until the spirit new sensation takes hold, then you know
Until the spirit new sensation takes hold, then you know
Until the spirit new sensation takes hold, then you know
I’ve got the spirit, but lose the feeling
I’ve got the spirit, but lose the feeling
Feeling, feeling, feeling, feeling, feeling, feeling, feeling

 

 

Joy Division. Unknown Pleasures

00

 

Joy Division Disorder tradução: Desordem

Estas sensações mal me mantém interessado para outro dia
Eu peguei o espírito, perdi a sensibilidade, ignoro a surpresa

 

Está ficando rápido, movendo-se mais rápido agora, está ficando fora de controle
No décimo andar, descendo as escadas, é uma terra de ninguém
Luzes estão piscando, carros estão colidindo, está ficando frequente agora
Eu peguei o espírito, perdi a sensibilidade, a abandonei de alguma forma

 

O que significa para você, o que significa para mim, e nós vamos nos encontrar novamente
Estou vendo você, estou vendo ela, não vou ter piedade de seus amigos
Quem está certo, quem pode dizer? E quem dá a mínima agora?
Até a nova sensação do espírito tomar conta, então você saberá
Até a nova sensação do espírito tomar conta, então você saberá
Até a nova sensação do espírito tomar conta, então você saberá
Eu tenho o espírito, mas perco os sentimentos
Eu tenho o espírito, mas perco os sentimentos
Sentimentos, sentimentos, sentimentos, sentimentos

 

Livro: Joy Division. Unknown Pleasures

Para quem curte a banda de apenas dois álbuns a leitura do livro Joy Division. Unknown Pleasures é uma boa escolha. Nele o leitor irá poder se inteira um pouco mais de um dos álbuns mais significativos do século passado, tudo pelo olhar de um dos fundadores da banda Joy Division.

 

O Joy Division, desde que surgiu em 1976, mudou a cara da música. Padrinhos da atual cena alternativa, a banda reinventou o rock na era pós-punk, criando um som novo que iria influenciar artistas como U2, Morrissey, R.E.M., Radiohead e muitos outros ao redor do mundo. Este livro conta como foi a montanha-russa da história do Joy Division – as amizades e desavenças da banda, as brigas, os rompimentos; os ensaios, os shows e os personagens notáveis que constituíram uma parte vital da lenda por trás da banda -, aos olhos do seu lendário baixista, Peter Hook. Esta edição vem com uma mensagem/autógrafo do autor destinado especialmente aos fãs brasileiros. “Um monte de gente acha que sabe o que aconteceu. Mas não sabe! quem quer que já tenha escrito um livro ou feito um filme sobre o Joy Division, a menos que tenha se sentado naquela van ou no carro conosco, não sabe de nada. Eu, Barney, Steve, Ian, Rob, Twinny, Terry e Dave. Só nós sabemos o que aconteceu de verdade” – Peter Hook, fundador do Joy Division e ex-baixista do New Order.

 

 

 

Especial Joy Division

  1. Desolação humana como tema
  2. Ian Curtis e o Joy Division
  3. Love Will Tear Us Apart – Música pesada, dançante, sombria
  4. Unknown Pleasures – álbum de estreia da banda Joy Division

Joy Division – Love Will Tear Us Apart

 

início: 1976
integrantes: Ian Curtis (voz), Peter Hook (baixo), Bernard Sumner (guitarra) e Stephen Morris (bateria)
gênero: pós-punk, rock gótico
principais influências: rock experimental, proto-punk, rock e punk de Velvet Underground, Iggy Pop, Sex Pistols, David Bowie, The Doors e Lou Reed
álbum essencial: Unknown Pleasures (1979)
fim: 1980

 

Tocando a Distância. Ian Curtis e Joy Division

About Equipe Café na Vila 205 Articles
Equipe de divulgação da cafeteria Café na Vila.

Be the first to comment

Deixe uma resposta