Hambúrguer artesanal – Dica MasterChef para fazer em casa

imagem Hambúrguer artesanal
Hambúrguer artesanal dicaMasterChef com o ex-participante Aluísio. Divulgação.

Dica MasterChef

Hambúrguer artesanal: uma das receitas da moda! O hambúrguer,  se em outros tempo era algo de segunda, hoje tem espaço garantido em bistrôs e no mungo gourmet. Super fácil de fazer, agrada os pequenos e marmanjos e algo barato. Assim sendo, tem como não fazer? Os vegetarianos terão a sua vez, mas hoje é para os carnívoros…ou, onívoros. hehehehe

Hambúrguer artesanal

Hambúrguer artesanal: as hamburguerias estão em alta! Se, em um tempo atrás, o hambúrguer que era servido nas lanchonetes era apenas o congelado e processado, hoje, o hambúrguer está com um novo status. Preza-se a carne e preparo, mesmo para um lanche rápido.



Assista ao vídeo do canal do MasterChef com as dicas para fazer um hambúrguer artesanal

 

 

Dicas:

O hambúrguer da receita é feito com carne de peito bovino  e gordura também do peito bovino. O peito é uma carne mais dura, assim sendo, com muito sabor. No entanto, moída e mesclada com gordura, após frita ou  grelhada, é uma explosão de sabor.

A sugestão é fazer um blend entre carne moída e a gordura moída. O blend é uma mistura. Ou seja, a mistura entre carne e gordura de acordo com o gosto.

  • 25% de gordura com 75% de carne
  • 15% de gordura com 85% de carne
  • e, para quem vive no universo fitness, 100% de carne.

Quanto mais gordura, maior o sabor. No entanto, excesso de gordura, não permite uma consistência para o hambúrguer.

 Tempero:

Uma grande controvérsia! No vídeo, o cozinheiro, apenas sugere o sal. No entanto, quem é de família de origem germânica – e a nossa é! – tem no hambúrguer de casa todo um sabor próprio e característico de cada família. O hambúrguer é uma receita com sua origem datada da Idade Média na Europa central. Assim sendo, para nós, muito tempero na carne, quando feito em casa, precisa ter muito tempero! Cada qual com suas escolhas. Nossa escolha favorita para o tempero da carne do hambúrguer: semente de mostarda, pimenta do reino e sal.



Mais detalhes:

O vídeo mostra uma versão mais detalhada da versão anterior. Até então não percebemos pontos conflitantes entre as receitas, mas sim, pontos complementares.



Relish de Pepino

Para completar, e, citado no primeiro vídeo, relish de pepino é uma boa opção para acompanhar. O pão? Feito pela cafeteria Café na Vila, lógico! 😉

 

 

Relish de pepino – MasterChef


Mais um Vídeo?

Vale…afinal foi considerado, por determinada lista, o molhor hambúrguer de São Paulo em 2016.

Observem que nos três vídeos a questão de deixar a carne descansar é um assunto recorrente. Difícil pensar ou agir assim em casa. Muitas vezes, o quanto mais rápido melhor, mas tudo tem seu tempo. E, no caso do hambúrguer, parece que é fundamental este tempo.

Também é de se notar o uso de manteiga para grelhar o pão. Manteiga é sempre bom! Em receitas salgadas ou doces, ela faz muita diferença. Como diria a grande chef de cozinha e apresentadora Julia Child:

“Com manteiga suficiente, tudo fica gostoso”

É difícil de discordar! E você, concorda? rs

About Equipe Café na Vila 205 Articles

Equipe de divulgação da cafeteria Café na Vila.

Be the first to comment

Deixe uma resposta