Chromatics – Into the Black




imagem banda estadunidense Chromatics – Into the Black
Chromatics – Into the Black. Divulgação.

Into the Black

Chromatics: fazendo parte da trilha da série 13 Reasons Why da NetFlix, a banda americana segue o estilo pós-punk, que até o momento, parece ser o estilo regente da sequência musical.




Chromatics

Chromatics: é uma banda de música eletrônica de Portland, Oregon EUA. Foi formada em 2001. A banda é formada pelos seguintes membros Ruth Radelet, Adam Miller, Nat Walker e Johnny Jewel. Outros membros que fizeram parte: Hannah Blilie, Devin Welch, Michelle Nolan, Maximillion Ronald Avila, Nat Sahlstrom Nate Preston, Aleesha Whitley e Chelsea Mosher.

Vídeo de 2012:





Letra: Into The Black

My my, hey, hey
Rock’n roll is here to stay
It’s better to burn out than to fade away
My my, hey, hey!

Out of the blue and into the black
They give you this, but you pay for that
And once you’re gone, you can never come back
When you’re out of the blue and into the black

The king is gone but he’s not forgotten
This is the story of Johnny Rotten
It’s better to burn out than it is to rust
The king is gone but he’s not forgotten

Hey hey, my, my
Rock and roll can never die
There’s more to the picture
Than meets the eye
Hey hey, my, my

 

Álbuns

  • Chrome Rats vs. Basement Rutz – 2003
  • Plaster Hounds – 2004
  • Night Drive – 2007
  • Kill for Love – 2012




Sussurros e sonoridade…

Em meio aos sussurros, a batida eletrônica é ecoada. O ar sempre é underground. Era de se esperar de uma banda pós-punlk, o.k.?heheheheh  Vale conferir outra produção da banda Loonking for Love de 2013.

 

Soundtrack 13 Reasons Why

Aqui, entre a equipe Café na Vila, ninguém ainda terminou de assistir a série 13 Reasons Why. Mas estamos vibrando muito com as trilha musical. Já postamos a síntese, logo, logo, vamos postar a principais músicas de cada um dos 13 episódios. Vale conferir e …curtir!

13 Reasons Why – Soundtrack

 




About Equipe Café na Vila 201 Articles
Equipe de divulgação da cafeteria Café na Vila.

Be the first to comment

Deixe uma resposta